VÍDEO: Conheça de perto o Residencial Villa de Areias

O Residencial Villa de Areias já está com a primeira torre concluída e tem como um dos diferenciais a independência de cada um dos prédios. Cada torre conta com seu próprio espaço de garagem, hall de entrada, portaria, ludoteca, salão de festas e academia. Mas para entender melhor a qualidade desse empreendimento e como ele é uma boa oportunidade para você morar ou investir acompanhe o corretor João Pauli em uma visita pelo Villa de Areias. Para mais informações entre contato ou marque um café com nossos corretores.

Conheça os direitos e deveres dos condôminos

Como em toda relação social, viver em um condomínio pressupõe ponderação, respeito ao próximo e obediência a determinadas regras, sejam elas formais ou senso comum. Algumas dessas regras são tão importantes, que estão presentes em artigos que ditam sobre os direitos e deveres dos condôminos no Código Civil Brasileiro. Outras, não menos necessárias, constam do regimento interno ou da convenção de cada condomínio – estas podem ser debatidas em reuniões e alteradas se for preciso e se houver consenso.

direitos e deveres dos condôminos

Vale salientar que locatários e suas famílias, na condição de “substituto do condômino”, têm os mesmos direitos e deveres dos demais condôminos, no entanto, a lei não dispõe sobre a obrigatoriedade de participar de assembleias nem do seu direito a voto.

O Código Civil – Condomínios também delibera sobre outras questões, como as atribuições dos síndicos, da administradora do condomínio, da gestão e uso das áreas etc., assuntos que trataremos em outras ocasiões, aqui no Blog da OK Construções.

[Não perca nossas novidades em construção e decoração, assine a News Decora OK Construções!]

Além do Código Civil, cada condomínio deve ter uma convenção e um regimento interno, que são documentos distintos, mas que devem apresentar pontos e regras convergentes no que diz respeito às regras que devem ser seguidas por moradores, funcionários, prestadores de serviço e administradora.

A convenção de um condomínio tem valor legal, é um documento público, registrado no Cartório de Imóveis e que faz parte da documentação jurídica do imóvel.

Já o regimento interno prevê as regras de conduta para regulamentar a convivência, principalmente quanto ao uso de áreas comuns, e possíveis penalidades em caso de infração. Esse documento deve ser elaborado e aprovado em assembleias, por mais de 2/3 dos proprietários.

 

DÚVIDAS COMUNS SOBRE DIREITOS E DEVERES DOS CONDÔMINOS

Neste texto, nossa intenção é sanar algumas dúvidas bastante comuns em relação aos direitos e deveres dos condôminos.

direitos e deveres dos condôminos

 

Lei do silêncio, como funciona?

Talvez o maior motivo de discussões e desentendimento entre vizinhos seja o barulho. Na verdade, não existe uma lei federal chamada “Lei do Silêncio”, mas algumas cidades possuem leis municipais para tratar do assunto e, certamente, em todos os regimentos internos de condomínios há um artigo prevendo pena para quem ultrapassa o limite com barulhos e ruídos altos.

O ideal é que seja feito sempre um primeiro pedido amigável, para que o infrator pare de fazer barulho. Em casos de festas com música alta, pode-se chamar a Polícia Militar, conforme prevê o art. 54 da Lei 9.605/98, que trata de ruídos que possam causar danos à saúde (acima de 70 decibéis). Caso o barulho não seja tão alto, mas mesmo assim perturbar o sossego coletivo, o infrator pode ser enquadrado no art. 42 da Lei de Contravenções Penais, configurando na Contravenção Penal de Perturbação do Sossego.

Se o barulho perturbador for produzido por atividades cotidianas (como passos, eletrodomésticos, secador de cabelo etc.), procure conversar com seu vizinho ou peça intermediação do síndico para resolver o problema da maneira mais amigável possível.

 

Posso ter animais de estimação dentro do apartamento?

Provavelmente, você conhece alguém que já precisou doar um animal de estimação porque “era proibido ter animais no condomínio”. Entretanto, a legislação brasileira permite que se tenha animal de estimação (ou mais de um) em apartamentos, de espécies, tamanhos e quantidade desejada, desde que se dê tratamento adequado aos bichos e que eles não perturbem o sossego dos demais moradores.

Mesmo que a convenção do condomínio disponha o contrário, vale ressaltar que nenhum documento interno pode anular os direitos individuais previstos na Constituição.

O condomínio pode, sim, reger a presença de animais em áreas comuns. Normalmente, sua circulação é permitida somente no colo ou em caixas de transporte e pelas escadas ou elevadores de serviço.

 

Em condomínios com piscina, qual a regra para trajes de banho?

Nesse ponto, também não há legislação a respeito e, novamente, cabe o bom senso e a atenção ao regimento interno. A maioria dos condomínios permite a circulação em trajes de banho (ou de homens sem camisa) somente nas áreas abertas. Para evitar possíveis constrangimentos, é indicado que se evite andar em trajes de banhos ou sem camisa dentro dos prédios, e, se necessário, utilizar escadas ou elevadores de serviço.

 

Visitantes podem frequentar áreas comuns?

De acordo com o regimento interno, o condomínio pode ou não liberar o acesso de visitantes às áreas comuns.

Salão de festas ou espaço gourmet deve ter sua lotação máxima respeitada, assim como deve ser respeitado o horário de silêncio e os lugares onde que é proibido fumar.

Quadras, parques e brinquedotecas costumam ter acesso controlado: um determinado número de convidados por apartamento. Já em piscinas, até por questões de higiene e saúde, o acesso de visitantes tende a ser restrito.

Alguns condomínios ainda distinguem visitantes de hóspedes. Para evitar atritos, é importante conhecer as regras do lugar onde você mora.

Conhecer seus direitos e seus deveres como condômino é fundamental para viver em harmonia, do mesmo modo, prezar pelo bom senso e pelo diálogo antes de tomar qualquer atitude mais severa reduz o estresse e traz qualidade de vida a todos os moradores.

direitos e deveres dos condôminos

 

Receitas para aproveitar melhor sua churrasqueira

Quem tem sacada com churrasqueira sabe da praticidade que é poder chamar os amigos para um churrasco sempre que quiser, sem depender da disponibilidade da área coletiva do condomínio e sem precisar transportar alimentos e bebidas até o salão de festas ou espaço gourmet. Uma churrasqueira na sacada é ideal para pequenas reuniões informais, com mais privacidade e comodidade!

Mas, se você tem uma sacada com churrasqueira ou pretende se mudar para um apartamento que tenha, e deseja experimentar novas e deliciosas receitas na brasa, além do tradicional churrasco, confira nossas dicas fáceis de preparar e muito saborosas!

 

churrasqueira

churrasqueira

churrasqueira

churrasqueira

Gostou das nossas receitas? Tem alguma que sua família mais goste em sua casa? Deixe seu comentário contando qual é a preparação infalível para receber os amigos.

 

O que você precisa saber antes de construir ou adquirir uma lareira?

Entre os itens mais desejados nos dias de inverno, as lareiras ocupam o topo da lista de muitas pessoas. Um lugar quentinho e aconchegante para reunir a família e os amigos enquanto contam histórias e compartilham bons momentos parece um sonho. No entanto, apesar do charme quase irresistível de uma lareira, sua instalação deve ser bem pensada para não se tornar um problema. O ideal é contar com a ajuda de um especialista antes de tomar qualquer decisão, principalmente se a opção for construir, pois somente ele poderá atestar se há alguma restrição técnica e indicar os melhores modelos e materiais, além de como incorporar a lareira à decoração de seu ambiente.

 

TIPOS DE LAREIRA

As lareiras se dividem em, basicamente, três tipos – todos facilmente encontrados no mercado: a gás, ecológica e a lenha. Cada uma com suas particularidades, vantagens e desvantagens, mas todas cumprem bem a função de deixar a casa mais quente e aconchegante.

Antes de optar por um modelo, é preciso considerar o local em que a lareira será instalada e as condições da instalação ou construção; a adequação do espaço ao tipo de exaustão (se há espaço para a saída de fumaça, por exemplo); e o estilo do ambiente e da família.

lareira

Lareiras a gás

Com diversos modelos disponíveis, as lareiras a gás combinam com qualquer decoração – das mais sofisticadas às mais minimalistas. Sua chama vem da combustão de um gás, que pode ser o natural (“gás de rua”) ou o liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como “gás de cozinha”. Esse tipo de lareira é bastante funcional e exige somente que haja ponto de gás, tubulação de cobre e um registro no local em que será colocada, além de um dispositivo de segurança que corta a saída de combustível caso a chama se apague. Seu acionamento é similar ao de um fogão e alguns modelos mais novos permitem acionamento por controle remoto.

Caso a opção seja por construir ou instalar uma lareira pronta a gás, atente aos componentes, como tubulação e chaminé, e ao modelo escolhido, que devem atender às regras definidas pela NBR 13.103, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para os ambientes.

 

Lareiras ecológicas

Bastante seguras e sustentáveis, as lareiras ecológicas são as mais modernas e práticas do mercado (etanol, principalmente), pois não exigem a instalação de chaminé, além de não produzirem cinzas nem fumaça, sendo, portanto, ideais para apartamentos. Seu combustível é barato e fácil de encontrar. Além disso, a maioria dos modelos disponíveis permite regular força da chama e garante até uma hora de fogo por carga.

Mas, atenção! Mesmo as lareiras ecológicas devem ser colocadas em local arejado, com ventilação natural.

 

Lareiras a lenha

São as mais tradicionais e charmosas, entretanto, são também as que necessitam de mais cuidados durante a construção ou instalação, as menos sustentáveis e as que necessitam mais espaço – tanto para colocação quanto para armazenamento da lenha.

Seu combustível, a lenha, exige cuidados e não deve ser recém-cortada, não pode ficar em local úmido e devem ser colocadas aos poucos no fogo, para não levantarem labaredas.

Além disso, produz muita fumaça, demandando a construção de chaminé alta, e cinzas, que devem ser limpas antes de a lareira ser utilizada novamente.

 

CUIDADOS GERAIS

Mesmo com todos os cuidados com a instalação e a manutenção, a combinação combustível e fogo oferecer riscos e requer atenção. Para evitar acidentes:

– Instale a lareira em ambiente arejado, mantenha sempre um ponto de ventilação natural aberto (o fogo consome o oxigênio do ambiente, podendo levar à morte);

– Nunca deixe crianças e animais de estimação próximas do fogo sem supervisão;

– Utilize acendedores específicos para iniciar o fogo;

– Não apague o fogo com água, ao cessar o combustível, a chama se extinguirá.

 

Campanha do Agasalho OK Construções

Quantas novas peças de roupas você já comprou para o inverno? Lembre de quem não tem a mesma condição e doe aquelas roupas que você não usa mais. Nos ajude nesta campanha e participe da arrecadação que estamos fazendo em prol da Orionópolis Catarinente.

Traga suas doações aos pontos de coleta e faça a diferença na vida de quem precisa.

Deixe sua casa mais quentinha e charmosa com essas dicas de decoração de inverno

Os dias mais frios do ano estão chegando e trazem com ele aquela vontade de se aninhar em casa, de bater papo enquanto toma um vinho, de cozinhar para os amigos ou simplesmente de passar a tarde vendo séries e filmes na maior preguiça. Tudo isso é uma delícia, mas pode ficar ainda melhor se você aproveitar a mudança da estação para repaginar alguns ambientes com uma nova decoração de inverno, deixando seu lar ainda mais charmoso.

 

Decoração de inverno: itens indispensáveis

Alguns itens são fundamentais quando pensamos em conforto e aquecimento. Escolhemos três peças-coringas, que você pode distribuir pelos ambientes e mudar a configuração e a disposição sempre que desejar. As opções de formatos, materiais e preços são infinitas. Com uma simples pesquisa em lojas ou sites, você encontra os produtos que mais se encaixam ao seu estilo de decoração e orçamento.

 

Mantas

O verde é a cor do ano tanto na moda quanto na decoração, por isso, mantas e cobertas em tons de verde são a cara de 2017, assim como mantas que imitam pele de animais. Para uma decoração de inverno charmosa, você pode deixar sobre cadeiras e poltronas para dar um ar sofisticado e moderno.

As simples mantas de microfibra, que são perfeitas para se enrolar numa tarde fria, ainda são as preferidas da maioria das pessoas, mas outros materiais vêm ganhando espaço, como o crochê. Aliás, valorizar o trabalho manual e exclusivo também é uma opção cada vez mais em alta.

Se você deseja dar um ar mais descontraído aos dias frios, que tal a manta que imita rabo de sereia? Além de quentinhas, são lindas e divertidas.

decoração de inverno

Almofadas

Almofadas são sinônimos de aconchego. Para o inverno, escolha as de tecidos mais encorpados. Aproveite que o veludo, o tricô, os bordados e as peles sintéticas estão na moda e mescle diferentes texturas. As estampas também não precisam seguir uma regra fixa: opte por um elemento que dê unidade – pode ser a cor de fundo ou qualquer outro padrão que se repita – e experimente diferentes combinações.

decoração de inverno

Tapetes

Os tapetes são peças-chave nos dias mais frios e para uma decoração de inverno harmoniosa. Eles funcionam como isolante térmico e ainda evitam que você pise no chão gelado sem querer. É importante que eles se comuniquem com outros objetos de decoração do ambiente. As opções de estampas (padrões geométricos e étnicos estão em voga) e de texturas, assim como nas almofadas, também são muitas, e você pode utilizar tapetes para delimitar espaços dentro de um ambiente.

decoração de inverno

Aquecedores elétricos

Você não precisa ter pisos aquecidos nem sistema de calefação: um aquecedor elétrico dá conta do recado quando a tarefa é aquecer pequenos ambientes, você pode dispor de mais de um, espalhados em pontos estratégicos para manter o calor uniformemente. Esses aparelhos não custam caro e têm como grande vantagem o fato de serem portáteis, podendo ser levados para qualquer canto da casa e até em viagens.

Outra opção são as lareiras portáteis ecológicas, movidas a bioetanol ou até a álcool comum, são seguras e podem ser utilizadas em qualquer ambiente, até em sala de jantar, pois a queima do combustível produz cheiros fortes. Quer mais charme para uma decoração de inverno que uma lareira?

decoração de inverno

 

Cuidados importantes com a limpeza da casa no inverno

A estação mais fria é também a responsável pelo maior número de alergias respiratórias, resfriados e gripes. Por essa razão, mais que se manter aquecido, é preciso tomar alguns cuidados com a limpeza da casa, dos móveis, dos tapetes, das cobertas e das roupas. Afinal, de nada adianta uma bonita decoração de inverno se ela não lhe fizer bem.

Roupas e cobertas guardadas por um longo período podem acumular fungos e ácaros. Antes de utilizá-las, lave-as e deixe “respirando” em local arejado, de preferência ao sol. O mofo deve ser retirado com um pano limpo embebido em vinagre braço – isso vale tanto para roupas e sapatos (couro, camurça e veludo, principalmente) quanto para paredes, armários e sapateiras.

No inverno, pisos e tapetes devem ser limpos com mais frequência, pois tendem a acumular mais umidade, facilitando a proliferação de fungos e bactérias. E, mesmo nos dias mais frios, sempre que houver sol, é indicado manter janelas abertas para arejar os ambientes.

 

Das delícias do frio

Como já dissemos, o inverno é perfeito para curtir o lar, fazer atividades em família e convidar os amigos para jantar. Que tal aproveitar toda essa decoração nova e se programar para receber o inverno com um tradicional fondue de queijo, que pode ser harmonizado perfeitamente com espumantes ou com um pinot noir?

decoração de inverno

 

Conheça 5 itens high tech que deixam sua casa mais moderna e funcional

O futuro já chegou! Ainda não convivemos com carros voadores e robôs empregados, como Os Jetsons, mas já podemos contar com algumas mordomias que a tecnologia proporciona. As maravilhas high tech não param de chegar ao mercado, e muitos produtos, que antes eram exclusivos para milionários, hoje estão à venda em lojas de varejo, acessíveis para muitas pessoas. Conheça alguns itens que deixarão sua casa moderna e facilitarão seu dia a dia com conforto, funcionalidade e segurança.

Vaso sanitário ecológico

Atualmente, há muitas opções de vasos sanitários sustentáveis. Alguns economizam até 70% de água por acionamento de descarga, outros reutilizam a água da pia, há também os com assento com sensor e aquecedor, com filtros desodorizantes e ducha higiênica embutida.

casa moderna

 

Limpador de janelas automático

Um pequeno robô que limpa vidros e janelas gastando pequena quantidade de solução de limpeza parece um sonho, não é mesmo? Mas ele existe (e custa em torno de R$ 2 mil)! Acionado por controle remoto, o robozinho tem sensores para desviar das bordas e calcular a superfície que deve ser limpa.

casa moderna

 

Eletrodomésticos inteligentes

Geladeira com acesso à internet para pesquisar, entre outras coisas, receitas com ingredientes disponíveis em casa, e que emite alertas de vencimento dos produtos guardados nela; aspirador de pó que desvia de obstáculos e limpa sozinho uma casa inteira; lavadora de louça que calcula o ciclo de lavagem, o tempo e a quantidade de água e sabão, automaticamente, de acordo com a quantidade de peças… tudo isso já existe e pode ser encontrado ao lado de eletrodomésticos comuns nas lojas da sua cidade.

casa moderna

 

Chuveiro inteligente

Os chuveiros tradicionais são responsáveis por cerca de 80% do consumo de água de uma residência, gastando em torno de 45 litros em 15 minutos. Mais que economizar na conta de água, o chuveiro inteligente permite gravar até cinco programas de banho, controlando o tempo e a temperatura, além de emitir avisos de consumo (sonoros ou luminosos) em intervalos de tempo programados.

casa moderna

 

Automação

Sistemas de automação residencial permitem que você acione e controle o funcionamento de diversos aparelhos domésticos – desde a cafeteira até o ar-condicionado, passando por lâmpadas e cortinas, por exemplo – através de computadores, tablets ou smartphones. Portas e portões também podem ser abertos por radiofrequência via smartphone, o que garante mais segurança ao entrar e sair.

casa moderna

 

Você já tem algum desses gadgets em casa? Qual seria perfeito para deixar sua rotina mais prática? Deixe seu comentário e compartilhe sua ideia sobre esses dispositivos coma  gente.

 

Ela decide! O que as mulheres priorizam na compra de um imóvel

No fim de 2016, uma pesquisa apontou que 65% das mulheres casadas estão à procura de um imóvel para comprar. O aumento da participação das mulheres no orçamento da família, a capacidade de observação e o poder de realizar múltiplas tarefas são fatores que contribuem para esse número. A compra de um imóvel nunca é uma decisão tomada por apenas uma parte do casal, obviamente, mas as mulheres vêm, cada vez mais, dando a última palavra na escolha.

 

EMPODERAMENTO FEMININO E A OPÇÃO DE COMPRAR UM IMÓVEL

A inserção da mulher do mercado de trabalho foi, além de uma necessidade do mercado do período entre guerras e no pós-guerra, um movimento político, econômico e social. As lutas dos movimentos feministas também têm papel determinante nessa mudança de postura da mulher tanto dentro do casal e da família quanto na sociedade.

Desde o início do século XX, o número de mulheres no mercado formal de trabalho cresce exponencialmente e, mesmo que ainda haja luta para equiparação salarial, as conquistas já são inúmeras. No Brasil, há dez anos, 40,8% do mercado formal de trabalho era ocupado por mulheres. Hoje, esse número beira os 45%. O valor da renda média das mulheres em relação às dos homens também vem aumentando gradativamente. Atualmente, as mulheres são cerca de 50% da população economicamente ativa do País, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também segundo o último censo do IBGE: 38,7 domicílios têm mulheres como principal provedor e mais de 40% das mulheres vivem criam seus filhos sem a presença de um marido ou companheiro.

A decisão de comprar um imóvel parte, na maioria das vezes, das mulheres, que buscam um investimento seguro em longo prazo e um lugar perfeito para viver, tomando a frente da escolha e das negociações.

 

O QUE AS MULHERES BUSCAM EM UM IMÓVEL

Muito mais observadoras que os homens, as mulheres dão mais valor ao acabamento, aos detalhes e ao estado de conservação do imóvel. Número e tamanho dos cômodos também são muito importantes para elas na hora de decidirem.

Outros fatores que determinam a escolha de um imóvel:

 

Localização e Acesso

O imóvel deve ficar em um bairro com vias de acesso amplas, bem sinalizadas e sem fluxo intenso, que facilitem chegadas e saídas no dia a dia.

 

Comércio

Comércio diversificado é importante para a escolha. As mulheres dão preferência a imóveis com farmácia, padaria e supermercado próximos.

 

Lazer

As mulheres preferem bairros ou regiões com opções de lazer, como parques e praças, para que ela e sua família possam realizar atividades ao ar livre, como caminhadas e piqueniques.

 

Proximidade com o trabalho

Nas grandes cidades, o tempo médio gasto com o deslocamento entre casa e trabalho pode chegar a 45 dias por ano. Passar menos tempo no trânsito e aproveitar essas horas realizando outras tarefas, indo à academia ou simplesmente relaxando.

 

Escolas e universidades

Do mesmo modo que é importante estar perto do trabalho, a distância entre o imóvel e a escola dos filhos, universidades ou outras instituições de ensino que a mulher frequente é fundamental na hora da escolha.

 

Segurança

Morar em um bairro e condomínio seguros dá a tranquilidade necessária para se viver com tranquilidade. Por isso, “segurança” é o item citado por 80% das mulheres que desejam comprar um imóvel.

 

Preço justo

As mulheres não se importam somente com o valor final, o mais importante é que o imóvel esteja em ótimas condições, com excelente localização e o bairro apresente boa infraestrutura e perspectivas de crescimento, justificando o preço cobrado.

 

compra de um imóvel

Espelhos na decoração: Como aproveitar melhor os espelhos na sua casa?

espelhos-na-decoracao

espelhos-na-decoracao

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...