Manutenção em apartamento

Apartamentos precisam de manutenção: Com o que você precisa se preocupar

Entre as vantagens apontadas por aqueles que preferem morar em apartamentos estão segurança, infraestrutura e lazer, vida social, praticidade e a menor necessidade de manutenção quando comparado a morar em casa. Estar em um apartamento é, de fato, menos dispendioso (em tempo e dinheiro) em relação à manutenção, mas isso não quer dizer que os proprietários não devem se preocupar com a conservação do imóvel. Periodicamente é importante realizar vistorias estruturais na rede elétrica e na hidráulica.

 

COMO SABER SE MEU APARTAMENTO PRECISA DE MANUTENÇÃO?

Além de vistorias periódicas, é fundamental prestar atenção em alguns sinais que exigem reparos imediatos. Listamos, a seguir, os fatores que mais demandam manutenção em apartamentos.

 

 

Manutenção em apartamento

Problemas na rede elétrica podem colocar em risco todos os moradores de um prédio. Por isso, principalmente em construções mais antigas, é fundamental fazer revisões periodicamente e observar os sinais que podem significar escape de energia e até curto-circuito.

A periodicidade da manutenção preventiva da rede elétrica de apartamentos (e áreas comuns dos prédios), indicada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnica), é de dez anos. Nesse momento devem ser trocados cabos, tomadas, interruptores e disjuntores.

É importante também contar com a assistência de um técnico especializado para conferir se nenhum ponto está sendo sobrecarregado. Instalações inadequadas, além de deixarem a conta de luz mais alta, podem provocar problemas graves como curtos-circuitos e até incêndios. O morador deve ficar atento sempre que encontrar fios desencapados, se perceber tomadas superaquecidas, lâmpadas com mau funcionamento (“piscando” ou desligando sozinhas) ou eletrodomésticos que estragam sem motivo aparente.

Todos os problemas elétricos internos dos apartamentos são de responsabilidade dos proprietários. O condomínio deve fazer os consertos e manutenções preventivas das áreas comuns.

 

Manutenção em apartamento

Normalmente, as pessoas só cuidam da rede hidráulica quando o problema aparece. Esse comportamento, além do desperdício de um bem tão valioso que é a água, traz prejuízos e muito incômodo.

Uma simulação de gastos mostra que uma casa com dois banheiros, cozinha e área de serviço que apresente vazamento em buchas e vedantes desperdiça 0,72m³ de água. Se houver vazamento nas descargas, soma-se 5,40m³. Isso pode gerar um gasto de R$ 500 a mais na conta de água no fim de um ano.

Para evitar surpresas desagradáveis, verifique se há vazamentos na descarga, no chuveiro, torneiras e, principalmente, se não há sinais de umidade, acúmulo de água e/ou estufamento nos pisos e azulejos.

Ao condomínio, cabem os cuidados com a caixa d´água (que devem ser limpas ao menos duas vezes por ano); realização de testes de estanqueidade dos reservatórios, de pressão das bombas e boias, e de registros; verificar a operação das válvulas e monitorar o consumo. É indicado fazer a limpeza completa dela ao menos uma vez por ano.

 

Manutenção em apartamento

Um prédio bem construído não costuma apresentar problemas estruturais ao longo dos anos. No entanto, alguns fatores externos podem ocasionar alterações na estrutura, principalmente obras em ruas, redes de esgoto ou terrenos próximos. Falhas de impermeabilização também podem causar danos estruturais.

Cortes, fissuras, trincas e rachaduras merecem atenção e devem ser investigadas assim que surgirem e quaisquer obras, por mais simples que pareçam, só devem ser feitas com a supervisão de um responsável técnico.

Manutenção em apartamento

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *